Antes da Estante

Trancendence

Posted in De segunda by Tomás Chiaverini on julho 21, 2008

Cinco dias de festa e aproximadamente quatro mil pessoas (número a ser averiguado) acampadas em barracas espalhadas em meio àquela poeira fina do cerrado, numa semana em que a região completava mais de dois meses sem ver um único pingo de chuva.

Banho só com água fria e em geral, após enfrentar um bom tanto de fila. Demais necessidades fisiológicas deveriam ser administradas em um cubículo de cimento, com uma porta de madeira compensada, sem trinco. E a música, cinco dias de música sem parar um único minuto, pancadas eletrônicas ininterruptas, provenientes das mais modernas caixas de som que o homem foi capaz de criar.

Olhando de longe para aquelas barracas perdidas na poeira, num terreno distante cerca de duas horas de qualquer sinal de civilização, olhando aqueles malucos envergando cabeleiras dreadlock e fumando cones de maconha ou haxixe, um homem civilizado qualquer poderia afirmar que ali se vivia um clima de caos e anarquia.

Estaria certo, sem dúvida nenhuma, com um único detalhe. Durante aqueles cinco dias, não só por conta da bem organizada produção de evento, mas principalmente pela postura dos participantes, não tive o desprazer de assistir nada que realmente ameaçasse aquela estranha ordem vigente.

Não há brigas nas filas, mulheres dormem semi-nuas no chill-out sem serem incomodadas e crianças, várias crianças, brincam soltas na poeira, como se estivessem em um grande parque de diversões. As pessoas se ajudam, se preocupam umas com as outras e é quase impossível alguém comer, fumar ou beber algo do seu lado sem lhe oferecer um pedaço, uma tragada ou um gole.

Curiosamente, essa atmosfera de caos ordenado só foi quebrada quando a polícia, mais especificamente o DENARC de Goiânia, resolveu fazer valer a lei do mundo exterior naquele pedaço barulhento de cerrado.

Mais detalhes na quinta-feira, que ainda temos horas e horas de entrevista para transcrever e páginas e páginas de bloquinho para decifrar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: