Antes da Estante

Degustação

Posted in De Quinta by Tomás Chiaverini on maio 8, 2008

Centenas de milhares de leitores do Antes da Estante não param de me importunar, pedindo que eu coloque mais trechos do livro-reportagem. Eles me mandam Zé-meios, me ligam no meio da madrugada e teve um que me agarrou na rua e até rasgou o punho de uma das minhas camisas prediletas.

Assim, apenas no intuito de terminar com esse tenebroso assédio, segue abaixo um micro extrato retirado direto dos esboços do livro, que vão tomando forma. Como disse é um pedaço de esboço. Ainda não foi lido, relido, corrigido amadurecido, relido de novo e corrigido de novo.

O primeiro evento que uniu o “gueto” eletrônico urbano ao fenômeno das raves no Brasil foi uma festa que aconteceu no fim de 1995 na faculdade de química da USP. E a união ocorreu provavelmente porque um dos responsáveis pela festa, o DJ e jornalista Camilo Rocha, tocava no submundo eletrônico urbano havia anos.

Um pouco decepcionado com a lenta evolução dos clubes no Brasil, Camilo havia se mudado para a Inglaterra, onde teve contato com o fenômeno das festas clandestinas que, por lá, faziam parte da contracultura e eram quase que um ato político contra a rigidez das leis britânicas.

A festa de Camilo foi uma novidade bem vinda por aqui, com cerveja barata, quatro DJs que tocaram diversos estilos e um terraço de onde era possível enxergar o horizonte da cidade que dormia, alheia aos primeiros passos do embrião eletrônico que se espalharia pelo país e se tornaria uma febre, um universo paralelo para onde fugiriam jovens dos mais diversos estilos. E os pais que dormiam tranqüilos no final daquele ano de 1995 nem poderiam imaginar que, quando seus filhos ainda crianças chegassem à adolescência, no ano de 2007, eles teriam 1.400 raves para tentar satisfazer sua busca inútil por formas cada vez mais intensas de diversão.

Anúncios

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. orlando said, on maio 14, 2008 at 17:06

    Ahã, abrindo aos poucos meu jooooooooooovem… Os leitores querem isso!

  2. Gabo said, on junho 22, 2008 at 22:29

    Foda. Keep the good work, truta.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: